Moradia

Como economizar nas contas do mês morando em Curitiba?

Economizar nas contas do mês pode ser um grande desafio, especialmente para quem mora em capitais, como CWB.

Embora saibamos qual o custo de vida em Curitiba e possamos perceber que este não destoa tanto de outras cidades pequenas, ainda assim algumas pessoas podem enfrentar desafios ao longo do mês.

Sendo assim, se você ama morar em Curitiba e quer minimizar os gastos do mês, acompanhe as nossas dicas de hoje!

1. Pesquise os supermercados

Antes de “eleger” o seu supermercado favorito, compare preços. Algumas redes de supermercados podem ter preços bem diferentes umas das outras.

Inclusive, vale avaliar o que cada mercado tem de mais barato, fazendo a compra do mês aos poucos, em estabelecimentos diferentes.

Obviamente, se o custo do transporte para esse tipo de situação ficar muito elevado, vale a pena comprar naquele que tiver mais promoções no dia, ok?

2. Tenha limite de gastos para o lazer e outros gastos não necessários

Todo mundo merece momentos de descanso e descontração. Porém, quando os custos com lazer começam a passar dos limites, a conta no fim do mês pode não fechar.

Por isso, sugerimos que você separe uma quantia mensal para o lazer e outros gastos não necessários e mais supérfluos. Assim você não deixa de aproveitar momentos de descontração e, ao mesmo tempo, pode cuidar das finanças.

3. Peça a colaboração da família

Pedir a participação da família é muito importante. Deixe claro que eles devem apagar as luzes de cômodos vazios, bem como economizar no consumo de água do chuveiro.

Além disso, deixe claro os limites de gastos para lazer e diversão, caso você tenha filhos. Assim, eles poderão ajudá-lo a manter tudo em equilíbrio e reduzir os custos.

4. Fique atento aos custos desnecessários

Às vezes, gastamos com coisas “bobas” e nem nos damos conta disso.  Sabe aquela lembrancinha que você comprou no bazar? Ou aquele café que resolveu beber na rua? Fique atento a eles e policie-se para não exagerar nesse tipo de comprinha pequena.

Afinal, no agregado, elas podem se transformar em valores elevados. Cuidado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 14 =